O Clitóris
cliO clitóris é uma estrutura presente no órgão genital da mulher que ocupa quase toda a vulva, que é a parte da frente da vagina. Área extremamente sensível da vulva, é no clitóris que a maioria das mulheres se estimulam ou devem ser estimuladas para chegarem ao orgasmo. O clitóris é formado por um tipo de tecido semelhante ao do pênis, que é capaz de ficar erétil na excitação sexual.

Na parte interna dos lábios externos ficam as chamadas pernas do clitóris. Logo depois do orgasmo da mulher a vulva fica muito crescida, por conta da congestão sangüínea.  Geralmente o clitóris fica tão inchado depois da relação, que é difícil urinar, pois a uretra fica prensada pelo clitóris aumentado.

cli1O denominado  sistema clitoridiano  conta com 18 estruturas anatômicas distintas, formada por ricas terminações nervosas. É localizada, uma parte em volta da uretra e outra parte vai até o períneo, que é o espaço entre a abertura da vagina e do ânus. Além, de ter ramificações para a raiz das coxas.

A estrutura  do clitóris mais evidente é a sua glande, que é extremamente sensível. Embora bem menor em tamanho que a glande do pênis, a glande do clitóris tem 4 vezes mais terminações nervosas.  Ela é coberta por uma capinha chamada de prepúcio.

Da glande do clitóris surgem duas pregas de pele que descem até a abertura da vagina. Essas pregas são chamadas em geral de pequenos lábios, ou lábios internos. Existe uma enorme variação anatômica dos pequenos lábios, podendo ser pequenos, grandes ou médios.

Antigamente, existia a crença de que a mulher deveria ter o orgasmo pela vagina, através da penetração do pênis.  Erroneamente, se acreditava, que a mulher que gozava com a estimulação do clitóris era anormal e problemática.

Tanto na masturbação como na relação sexual, geralmente, as mulheres  gostam de uma manipulação direta da glande do clitóris de forma delicada. É uma estrutura muito sensível. A estimulação com força pode doer e machucar. A mulher só deve ser penetrada pelo seu parceiro, depois de uma preliminar longa e muita estimulação clitoriana, através dos dedos e/ou da língua. Só assim, ela terá uma boa lubrificação vaginal e a relação será prazerosa para ambos.

Durante a penetração, dependendo da posição escolhida para obterem o orgasmo,  o parceiro deverá roçar o clitóris com a raiz do pênis no movimento de vai e vem ou com os seus dedos.

É fundamental que a mulher fale para o(a) parceiro(a) como quer ser tocada. Cada mulher tem suas preferências, é algo muito pessoal, não existindo uma regra geral.

Algumas  preferem a estimulação suave e delicada, outras gostam de algo com mais força e vigor. Com relação ao ritmo da estimulação algumas gostam de um ritmo contínuo, outras do tipo parar e recomeçar etc.

Sempre mudem de posição durante a relação e escolham uma posição final para obtenção do orgasmo. As parcerias sexuais devem sempre se comunicarem sobre suas preferências. Não tenha vergonha! Pergunte a sua parceria sexual como ela gosta de ser excitada e fale sobre a sua forma preferida. Tenham bons orgasmos!

Fontes de pesquisa para este artigo: Chalker, R. A verdade sobre o clitóris e  A New View of a Woman's Body.

Para opiniões, sugestões, depoimentos, dúvidas entre em contato comigo através deste e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Marque sua consulta em São Paulo SP e Grande São Paulo pelo fone (11) 98515-2038
Consultório: Rua Purpurina, 131 cj. 56 – Vila Madalena (perto do metrô Vila Madalena)
(Rua Purpurina esquina com a Rua Harmonia)

Marque sua consulta em Santos SP e Baixada Santista pelo fone (13) 3395-2038
Consultório: Rua Dr. Arnaldo de Carvalho, 137 – Campo Grande (ao lado do EXTRA da Av: Ana Costa)
(Rua Dr. Arnaldo de Carvalho esquina com a Rua Pedro Américo)